quinta-feira, 1 de outubro de 2009

O império contra-ataca!


E com a AG marcada para o dia 13 de Outubro, vamos a caminho da 3ª vez que é apresentado aos sócios um plano de reestrutaração finaceira para o Sporting Clube de Portugal!

Depois de 2 chumbos, no mandato de Soares Franco, eis que surge JEB, novamente á carga com mais do mesmo.
Avançamos com mais do mesmo, porque até agora nada foi apresentado aos sócios que permita a verificação deste plano e o estudo de alternativas.
Decidiu-se portanto avançar, desta vez, optaram por dividir as propostas, esperando que os sócios não percebam o que lhes está a ser apresentado é o desmantelamento faseado do Clube.

Para isso faz-se a convocatória para o auditório de Alvalade em que cabem menos de 200 pessoas, e até lá mantem-se com o modo silencioso activado.
Não há perguntas, não há reboliço, não há informação, no dia da AG aparecem os 40 do costume, JEB recita a equipa que ganhou a taça em 1964, os poucos presentes abrem a boca de espanto e admiração por terem um presidente tão adepto, tão como eles, e é em estado catatónico que levantam o voto a favor do 1º passo rumo á implosão final!

O seu estado catatónico apenas é interrompido quando o PMAG Dias Ferreira, numa tentativa de encontrar os bufos, pergunta se todos os sócios conhecem o pai ou andam á procura da mãe.
Nessa altura gera-se um burburinho, sócios fazem o pedido á mesa para que se repita a votação, mas Dias Ferreira, num passe de mágica antecipa-se a tudo e todos, pois já tinha acabado de aceitar o nome de 5 sócios que pretendiam usar da palavra, e que por razões insuspeitas, tinham igualmente nesse mesmo momento abdicado de falar a favor de Dias Ferreira.

Dias Ferreira depois de agradecer, gesto tão amável dos sócios, começou por contar a sua história do natal Sportinguista passado em familia em 1962, em como a sua actividade juridica lhe chega e sobra e que os 1650 euros/programa que recebe pela sua participação televisiva são peanuts, depois começou por se recordar de como á vinda de Viena, convenceu Sousa Cintra a despedir Boby Robson, apesar de recentemente ter apoiado JEB em que o despedimento de Boby Robson tinha sido um erro histórico, depois tudo fez para que contratasse Queiroz, recordou ainda em como defendeu Queiroz em litígio com o Clube!

Não ficaram por aqui as recordações do nosso querido PMAG, que deixou todos com a lágrima no canto do olho, quando recordou em como zurzia Soares Franco como o presidente que ia acabar com o Clube, que era mau, que era SÁDico, até a um dia em que miraculosamente...começou a ver a luz, curou-se! E apartir dessa altura passou para o lado negro da força e tornou-se num SÁDico fiel!
Ou de como a certa altura preparava-se para dar nomes aos bois, candidatando-se numa lista própria ás eleições no Clube, até que se deu nova desgraça: caiu das escadas! E pasme-se a lista que ele ia desafiar, teve tanta pena que convidou-o para PMAG!
E ali estava ele! Tudo lhe parecia um grande milagre: Ser do Sporting, ainda respirar, falar na televisão, estar ali como PMAG, a fazer uso da palavra através de um conjunto de sócios que reconheceram nele características inatas para a função!
A AG acabou com todos de mãos dadas a cantar o pop/chula KUMBAYA!!

Os bons, os maus e o filão!

Estes não são melhores do que os que estavam antes até porque na sua esmagadoura maioria são os mesmos!
A questão não se encontra em JEB, está nos dejectos humanos que gravitam em Alvalade á uma serie de anos, que acabam por entropiar qualquer movimento ou acção, que permita avanço!
Nesta história não existem meninos bons, o que existe é um enorme filão a ser explorado até á carcaça, eles vendem, eles emprestam, eles comissionam, eles Vmocão, 30 por uma linha, até ao dia em que os sócios despertem do seu estado de sono profundo, induzido pelos flautistas que tem passado em Alvalade nos últimos anos!


1906

Luta & Resiste!

3 comentários:

Anónimo disse...

Parabéns, o L&R conhece alguma realidade, mas não fala daquele que mais tem prejudicado o Sporting escondendo-se, sistematicamente, para que ninguém o acuse e responsabilize pelos danos que tem provocado. Falo de Miguel Ribeiro Teles, o grande responsável pela má gestão desportiva e financeira dos últimos 10 anos. Quanto a Dias Ferreira, não passa de um oportunista que em 1998 vencia 800 contos mensais por uma assessoria na SAD. Esta ele não pode desmentir. Como não pode desmentir a envolvência que teve, com Veiga e Janela, no contrato milionário de Tonito ao Tenerife.Uma vergonha.

rui santos disse...

este dias ferreira é o maior filho da puta da história do clube desde os anos 80 que não descola dali para fora. curiosamente o sporting foi campeão quando esta merda andou mais afastada

Balakov10 disse...

O mais incrível é que existe para aí tanta gente a dormir... e deixar a esta banda xunga tocar tudo o que lhe apetece!

Hoje, mais do que nunca, temo pelo meu Sporting