segunda-feira, 6 de outubro de 2008

A eterna ilusão, os reais criminosos e os autênticos resistentes!


A eterna ilusão:
-Da estrutura comercial que julga que ao aumentar o preço dos bilhetes sócio\adepto nos dias de jogo faz com que se consigam vender mais GameBoxes.

-A mesma estrutura comercial que anunciou para 06\07 a venda de 34 mil e ficou pelas 32 mil e pouco, já em 07\08 era objectivo primário a venda de 35 mil boxes, após o presidente ter colocado a fasquia nas 40 mil e ter vendido apenas 33.500,nesta época as previsões eram para a venda de 33 mil GB, sendo que apenas se encontram vendidas 26.829 GB é premiada porquê? A quem tentam eles enganar eles próprios? Á C.social?, os sócios? ou a CMVM?

-Da direcção por quererem transformar um Clube Universal, Eclético e transversal a toda a sociedade num clube regional,futeboleiro e elitista. Para rir se não fosse para chorar o conceito "CORPORATE", que introduziram de forma pioneira no futebol nacional.

-Do departamento de comunicação e imagem que tem a absoluta certeza de controlar toda a imprensa desportiva pela a coação, quando as notícias não interessam. (jogo com o Belenenses).

-O mesmo departamento de comunicação e imagem que se lembra de colocar uma imagem a fazer pouco de um comentador desportivo (por acaso ou talvez não-Sportinguista!), mas que se esquece de anunciar as datas das Assembleias Gerais do Clube.

-Dos jogadores cuja falta de identidade com o Clube com os seus adeptos e valores, e numa altura de crise de vendas dos lugares anuais são os próprios quem aconselham os adeptos mais críticos a ficar em casa, de modo a poderem continuar no pedestal. Em que repetem até á exaustão que se desejam transferir para um grande da europa, até o poderiam pensar, mas ao verbalizarem estão a ofender a casa que fez deles homenzinhos. Colocando isto de forma a ser perceptivel para esta direcção: destroem a identidade dos adeptos com o Clube, provocando a perda de receitas e bilheteira e merchandising.

-Desta direcção continuar a fazer parte da direcção da liga, continuando a cooeperar e ajudando a credibilizar, personagens, cujas manobras foram expostas com o Apito Dourado.

-Desta direcção em omitir a denuncia e o combate a um sistema que sempre extraiu o Sporting da competição através de meios pouco convenionais. Preferindo uma postura passiva e de comprometimento com o regime, quando supostamente teria pelo menos moral, para o fazer.

-Do ecletismo que primeiro era para esquecer, na altura das eleições já era para fazer resurgir e agora é apenas um sonho impossível de alcançar.

-De um pavilhão, para as modalidades do Clube, e para de vez em quando não ser preciso alugar o pavilhão Atlãntico para a realização das AG´s.

-Dos sócios e adeptos do Clube por continuarem a dar crédito aós 13 anos em que apenas mudaram as moscas. Não cultivando a política de exigência que está no código genético do Clube! Escolhendo sempre o mal menor, é necessário cortar com esta mudança na continuidade que não passa por ser apenas mais do mesmo!


Os reais criminosos:
Os sócios que deram crédito a esta direcção e os elegeram sob falsas promessas eleitorais e após um processo de venda do património não desportivo que foi tudo menos claro.

José Roqqette o pai de um projecto ganhador e extra-desportivo, mas que mal saiu da presidência, tratou de vender todas as acções que detinha, dando um voto de confiança ao seu próprio projecto e a quem lhe sucedia.
Porque nós sabemos a fraude que foi o negócio do Totta, né? Muito provavelmente a entrada no Sporting serviu apenas para creditar uma imagem demasiado chamuscada durante o processo Totta\Santander, era o medo de se tornar outro Mário Conde?

Dias da Cunha sucessor de Roquette, seguiu o projecto e inaugurou o novo estádio, como pessoa honesta contribuiu para o despoletar do processo apito dourado, reunindo evidências que ajudaram a desmontar o embuste que é o futebol nacional. Obviamente teve erros de gestão, mas mais que os erros de gestão foram os erros por omissão, em que se calou aquando do processo João Pinto e de outros jogadores ajudando no encobrimento dado a algumas iminências pardas do regime ou em que não desmontou a farsa de Franco acerca da crise devido aos juros(Tendo negociado o empréstimo que foi de 237 M€ para construir tudo Estádio e Academia(dados de 2005), na altura em que se fizeram as projecções a Euribor estava a cerca de 5%, correspondendo a um juro de cerca de 11 M€ / ano. Se entretanto as taxas andaram pelos 3% aprox., o valor do juro andou pelos cerca de 6 M€ / ano. Fonte Forumscp), ou seja o Sporting actualmente até pode estar a pagar mais relativamente ás condições iniciais, mas durante a maior parte do tempo pagou muito menos do que era inicialmente suposto. Por outro lado cometeu um grave erro estratégico propondo ás claques um protocolo insultuoso em que linhas gerais propunha um silêncio tácito a troco de dinheiro.

Soares Franco, sobre ele deixamos apenas algumas pérolas de um pensamento inovador, o facto de não ser ele quem manda também poderá ter influência nestes ditos:
«Sou do Sporting por causa do futebol e não tenho empatia pelo ecletismo» CM 12.07.2005
«RECORD – Vai ser candidato à presidência do Sporting?
SOARES FRANCO – Não. Há cerca de um ano, já tinha dito a Dias da Cunha que não queria ser presidente do Sporting e, ao longo deste ano, fiz uma reflexão profunda e cheguei a uma conclusão definitiva. Sou sportinguista por causa do futebol. É do futebol que eu gosto. Não tenho grande sensibilidade nem empatia pelo eclectismo. Confesso assumidamente que não vibro com as vitórias das outras modalidades.» entrevista ao Record a 13.07.2005

«(…)Por outro lado, não tenho dúvidas de que, mais tarde ou mais cedo, o eclectismo de que falei vai acabar. Este não é o modelo do futuro. Eu acredito na especialização. Há uma série de modalidades que acabaram. A verdade é que toda a competição no atletismo, na natação, na ginástica, no andebol, não dá dinheiro nenhum.» entrevista ao Record a 13.07.2005
«Quero um clube só de futebol, sem sócios mas com adeptos que não se intrometam na gestão nem tenham voto nas eleições dos corpos sociais» CM 12.07.2005(Fonte ForumSCP).

As Claques deixaram-se corromper, em troca do vil metal. Os que foram considerados outrora os bastiões e o último reduto do Sportinguismo deixaram-se enlamear através de um protocolo repugnante. Todos sem excepção perderam o nosso respeito enquanto Sportinguistas.



Os autênticos Resistentes:
Neste cenário de adormecimento colectivo são poucos os que vão contra este "vox populi" instituido, sendo que os sócios e adeptos na maior parte das vezes quando confrontados com uma algum argumento que ponha em causa a estabilidade deste imenso prédio construído ao longo de 13 infindáveis anos, apenas dizem: "Estes são maus? E as alternativas? Não vejo nada..."
É este sebastianismo, esta esperança num Senhor doutor da alta finança que virá de vez pôr ordem nisto tudo, que vai fazendo definhar a crença em nós próprios.
Não se discutem ideias, antes procuram-se nomes, tentam-se descortinar alinhamentos e enumerar facções.

São poucos os que procuram lutar e denunciar este estado de coisas e de fazer valer os interesses dos Sportinguistas, não deveria ser este um dos papeis principais da Direcção do Clube? Os já abordados neste blog AAS, Leão de Verdade tem agora a companhia de um outro movimento o ICS - INDEPENDENTES CURVA SUL.

Nas suas palavras caracterizam-se como "ICS- Não é um grupo ultra, nem casual, não é uma claque, não está ligado a qualquer claque, não tem organização e não faz nem tem qualquer tipo de material identificativo. Apoia-se o Sporting Sempre com espírito crítico, na luta pelos valores da Instituição.
Sempre que se achar oportuno fazer-se-á frases sobre os temas que se achar útil abordar. A faixa é só "fachada", só a levamos quando nos apetecer, pois não necessitamos de rótulos para apoiar o Sporting Clube de Portugal. Qualquer um pode-se achar ICS desde que tenha este espírito."

As suas acções no jogo de pré-época com o PSV(João Moutinho) e no jogo com o CFBelenenses(preço bilhetes) foram notadas.
E com tal impacto que obrigou a horas extras ao departamento de comunicação e imagem, e a alguns recados para algumas redações(Salema és sempre o mesmo!).Sejam Benvindos! Fazem falta!


1906

Luta & Resiste!

1 comentário:

Mário Tim disse...

Apoio!
Subscrevo!
É preciso mobilizar os verdadeiros sportinguistas para acabar com este marasmo que, mais cedo que tarde, nos levará a ser uma espécie de novo belenenses!
Força!
Vamos acabar com a merda instalada!